Setembro Amarelo Esperança

O que lhe traz esperança? Como conviver com a dor e o sofrimento?

“Por que você está abatida, ó minha alma? Por que se perturba dentro de mim? Espere em Deus, pois ainda o louvarei, a ele, meu auxílio e Deus meu.”

Salmo 42.5

Diariamente, 32 brasileiros se suicidam. No mundo,ocorre uma morte a cada 40 segundos. Isso significa que aproximadamente 1 milhão de pessoas tiram sua vida a cada ano. Cremos que, por meio de Jesus e sua Palavra, essa realidade pode ser transformada. Separamos um texto para você refletir sobre o suicídio e alguns folhetos que podem abençoar vidas que passam por dor e sofrimento.

Um problema do coração

Seus pensamentos estão confusos, pois as lentes com as quais você vê a vida estão embaçadas, o que dificulta a interpretação correta de fatos e compromete suas emoções. Alguns problemas podem lhe parecer catastróficos, sem esperança de serem resolvidos, pois estão sendo vistos “de dentro de um túnel escuro e sem fim”.

Sua mente insiste em lhe dizer que só é possível escolher entreduas saídas: a dor sem fim, ou a sedação total da mente, por meio da morte. Seus pensamentos insistem em repetir: “Eu preciso daquilo que perdi.” “Eu preciso ser amado.” “Eu preciso ter aquele dinheiro.” “Eu não posso viver sem aquela pessoa.” “Não é justo!” “A vida seria melhor para eles sem mim.” “Não posso mais suportar tanta dor!” “Tenho medo do futuro e não sei se alguém cuidará de mim na minha velhice.” “Eu não vou aguentar se aquilo acontecer…” “Se eu fracassar, não vou suportar!”

É difícil ver alguma esperança nas questões da vida, e o futuro pode parecer impossível de enfrentar. Você antecipa tudo o que imagina de pior que possa acontecer, pois acha que nunca conseguirá lidar com situações de fracasso.

Talvez você seja um médico e esteja se sentindo incapaz de salvar a vida de todos os seus pacientes, mesmo com tudo o que estudou. Talvez não tenha conseguido nem mesmo lidar com os seus problemas pessoais e familiares, imagine com os dos outros!

Talvez você seja um policial e esteja desgastado por ter cumprido seu dever, tentado lutar contra a violência e a corrupção com todas as suas forças, colocando em perigo sua própria vida e até mesmo sua família — e agora é você quem está se sentindo inseguro e correndo riscos. Talvez pareça que tudo o que você fez, com tanto esforço, não deu nenhum resultado.

Talvez você seja alguém que perdeu aquilo ou aqueles que lhe eram muito importantes: o emprego da sua vida, as pessoas que mais amava… Talvez você seja uma pessoa que se sente sozinha, pois lhe parece que a vida continuou e só você ficou para trás, esquecido, abandonado por todos, sem rumo para viver.

Talvez você seja alguém que cometeu grandes erros ou agiu mal com outras pessoas e agora acha que não há como apagar ou remediar o que fez de errado. Ou, então, alguém que se sente frustrado por ter sido traído ou enganado pela pessoa em quem você mais confiava.

E talvez você não veja mais razão para viver, pois a sua vida perdeu o sentido. Tudo pelo que você lutou e lhe deu ânimo para viver, desafiando-o cada dia a avançar, ou você já alcançou e agora não tem mais por que se esforçar, ou se desfez, como fumaça, e você crê que não adianta mais tentar.

A desesperança o faz acreditar que é inútil continuar a crer em Deus em meio a todas as suas frustrações, todos os seus sofrimentos e todas as suas sucessivas tentativas. Nessas horas, é difícil reconhecer que Deus continua a dirigir a história — a sua história.

“Suicídio é a concretização da falta de sentido da vida, é o ápice de um processo de ‘morrência’. Ele costuma ser cometido por alguém que está definhando existencialmente, que deixou de acreditar em sua própria capacidade, como ser humano, de transformar a dor em amor.”

A fé envolve a crença na bondade e na sabedoria do Senhor. A desesperança penetra os corações quando falhamos em crer que a vontade de Deus é a melhor para os seus filhos, mesmo que não possamos compreendê-la no momento. É uma falha em ver o tempo como Deus o vê, pois somos imediatistas e queremos ter respostas agora.

Quando procuramos estabilidade emocional em pessoas ou na nossa reputação, mais do que em Deus, a depressão pode tomar conta do nosso ser, pois sentimos nossas energias sugadas e não conseguimos satisfazer o que os outros esperam de nós.

“É quando a pessoa começa a acreditar que a morte é mais interessante que a vida. Às vezes, a pessoa não quer morrer, ela só quer matar uma parte dela que está causando sofrimento. Viver sem sofrer é uma utopia.”

O suicídio pode até parecer uma saída… talvez a única que você vislumbra. Mas ele não é. Há formas de superar a dor, a depressão e a tristeza que parece não ter fim. E Deus o ama tanto que deseja que você entenda que há um caminho para você, no qual você poderá encarar a vida de uma forma diferente. Talvez você tenha perdido a esperança. As coisas vão mal, a sua vida não parece ter sentido, a solidão o deixa desanimado, as pressões estão grandes demais e você está pensando que o mundo ficaria melhor sem você. Você acha, então, que seria bom fugir para onde ninguém mais pudesse ferir você.

Dê mais uma chance à vida. Deus ainda não concluiu a sua história. Ele pode transformar o seu coração e ajudá-lo a encontrar alegria, novas forças e razão para viver, mesmo em meio à dor, dando-lhe a esperança que vem dele.

“Porque esta palavra… é a sua vida.”

Deuteronômio 32.47

Deus nos conhece muito mais do que nós mesmos nos conhecemos e não desiste de nos amar, mesmo sabendo de nossa fragilidade e capacidade de errar. Ele pode criar uma revolução em nosso viver, abrindo os nossos olhos para aquilo de bom que ele está fazendo e que ainda não conseguimos ver — e para o que tem para nós logo ao virarmos a esquina.

 

“Ao contrário da crença popular, Deus não nos coloca à margem da vida quando passamos por dificuldades. Em vez disso, ele nos leva para o centro do campo, de modo que o mundo possa assistir e observar a Sua fidelidade em nossas vidas.”

EAVES, John. “Uma testemunha na forma como morremos”. In: GUTHRIE, Nancy. Antes de partir,p. 92.

Quando confiamos nele, deixando-o corrigir a nossa visão sobre a vida, permitindo-lhe entrar em nossa história e reconstruir a nossa esperança, que com ele se torna eterna, as coisas ganham um novo sentido. Há esperança — para esta vida e além dela — para aqueles que creem em Jesus como seu Salvador. A vida não acaba aqui!

“O temor do Senhor prolonga os dias da vida…”

Provérbios 10.27

Temer a Deus não é ter medo dele, mas confiar nele e em seu cuidado por nós, crendo que mesmo que ele seja o Criador e o Sustentador de todo o Universo, também se importa com cada um de nós e tem todo o prazer em ter um relacionamento conosco que dê cor à nossa existência, razão e sentido para a vida, qualidade e propósito além de nós mesmos e de tudo o que enfrentamos a cada dia.

Desejamos que Deus fale ao seu coração e o ajude a recuperar a esperança, a vontade e as forças para viver, sabendo que o Deus Forte estará andando com você a cada dia, dando-lhe uma nova visão de seus planos para a sua vida e ajudando-o a dar cada passo, para a alegria e a glória dele.

Que a sua vida seja muito útil nas mãos do nosso amado Deus, reflita o caráter de Jesus e seja bênção e alegria para muitas outras vidas, que, solitárias, buscam sentido para o seu viver.

O texto desta reflexão foi extraído do livreto Escolha a vida – Esperança para viver
(Eleny Vassão, Diretora Geral da Associação de Capelania na Saúde)
,
publicada pela Sociedade Bíblica do Brasil.

Palavra que traz esperança!

7899938408582_ntlh560prnd_01
Razões para não desistir

O livreto Razões para não desistir – Quando a vida já não faz qualquer sentido foi especialmente preparado para aqueles que estão passando por momentos difíceis, em que a vida perdeu o significado e valor. Por meio de relatos, reflexões e palavras de aconselhamento, o livreto tem o objetivo de devolver a esperança àqueles que só estão enxergando a escuridão.

Escolha a vida - esperança para viver

O livro Escolha a Vida – Esperança para Viver foi desenvolvido para contribuir na prevenção ao suicídio, ajudando aqueles que estão sem esperança, vontade e forças para viver. Por meio de uma seleção de situações reais, textos bíblicos e orações, a capelã hospitalar Eleny Vassão Aitken busca mostrar alguns dos sentimentos e comportamentos que devem ser observados quando uma pessoa está se sentindo incapaz de lidar com seus próprios problemas.

Você pode fazer parte desta história!
Doe para a Causa da Bíblia e nos ajude a alcançar mais pessoas!

8 comments

  1. David

    Sou apenas grato a Deus por usarem vocês para falar comigo, continuem com essas mensagens, não apenas nesse mês, pois acredito que pessoas precisam ler isso não só nesse mês mas sempre. Espero que outras pessoas possam ser ajudadas como eu fui. Muito obrigado e que Deus vos abençoe!

    1. Alessandro

      A verdade também é que o inimigo quer o nosso fim e às vezes ouvimos vozes em nossas cabeças que podem nos levar a morte espiritual e mental é por este motivo que devemos alimentar o que é bom em nossa mente e combater o bom combate para que possamos também ser exemplos para outras pessoas falo isso porque ainda vivo combatendo estas vozes que querem tirar a minha paz e destruir a minha vida sou feliz em Cristo Jesus e essas vozes deram combatidas até a volta de Jesus onde não haverá choro e nem lágrimas

  2. adriana

    essa palavra falou muito ao meu coração.obrigado,Deus os abençoe.

  3. paulo r valentim

    nestes Dias de muita correria precisamos para para refletir na palavra deDeus.pois ela e alimento para nossas almas.

  4. Natanael dos Santos

    Bom dia! Sou muito grato por todas as mensagens que são me enviadas!
    Ouvir cada mensagem da bíblia pra mim se torna um recomeço de uma nova vida.

  5. Iêda Amaral

    Absolutamente ñ creio q Deus tenha qualquer interesse em mim! Amor? esse então, não creio mesmo!
    Sou dizimista pq qto a dízimos tenho experiências pessoais de q há algo extraordinário e sobrenatural nos dízimos. Tb sou contribuinte da SBB pq penso q somente a Palavra de Deus (Bíblia) pode transformar mentes, mudando pessoas.
    Tive profundas decepções com pastores e crentes, daí q ñ frequento mais Igrejas e nem pretendo voltar a frequentar. Gosto de orar nas madrugadas (03:00 hs) permanecendo pouco mais de 1h. Porém creio q funcione mais como um desabafo
    pq salvo micro respostas. ñ recebo nenhuma resposta de Deus. Certamente ñ devo estar incluida na patota dos “escolhidos”.

    1. Alex

      Talvez Deus esteja Mais perto de Voce do que você pensa e está querendo revelações extraordinarias. Descanse na Palavra Revelada. Deus Ja falou e Revelou tudo o que Precisamos em sua Palavra. Procure uma igreja que Ensine Biblia, nao religião. Procure pessoas que Sejam verdadeiros Crentes em Jesus (Talvez seja atraves deles que Deus vai falar com Voce). Ore não querendo reapostas ou pra pedir algo, ore por simplesmente Pelo Prazer de estar na Presenca de Deus. Deus não te Ama? Não lhe conheço mais estou mandando essa mensagem pra Voce! Deus me trouxe a esse site em vao? Não! Foi pra te dizer que ele te Ama e Se preucupa com você! Olha ele falando agora contigo! Não tente entender o agir de Deus. Descanse em Cristo. Tudo é Passageiro, Somente Cristo é Eterno. Abraço. Irmão Alex!

    2. Roque Fernandes da Silva

      Até não crer em Deus é um tipo de fé. Importa é lembrar Dele, trazer à memoria aquilo que lhe dá esperança, importante insistir ” vos que sois maus sabeis dar boas dádivas a quem vocês amam, imagina o vosso Pai que está nos céus ”
      Persista em buscá-lo, e preste a atenção, fique atenta certamente Ele lhe responderá . Espere no Senhor,confi nele e Ele fará o mais necessário. Paz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *